segunda-feira, 20 de julho de 2015

"Bienal de Cerveira 2015" e a minha indignação!

"Bienal de Cerveira 2015" e a minha indignação!
Fui convidada para participar com 2 obras, na Bienal de Cerveira, o que me fez sentir lisonjeada. Qual não foi a minha surpresa, quando, após ter dado 2 voltas ao recinto da Bienal, não encontrei os meus trabalhos.
Como achei que deveria haver alguma justificação válida para as obras não estarem expostas, questionei elementos da organização sobre o facto. Disseram-me que os meus trabalhos estavam em Paredes do Coura, não me deram nenhuma explicação, nem me pediram desculpa pelo facto de não me terem avisado.
Durante a inauguração em conversa com outros artistas a quem cometeram a mesma desconsideração, vim a saber que afinal as minhas obras estavam numa povoação que creio chamar-se "Tomiño" em Espanha.
Se fui convidada para a Bienal de Cerveira, faz sentido colocarem os meus trabalhos numa pequena povoação espanhola, sem sequer me pedirem autorização?
A enorme desconsideração com que fui tratada é para mim chocante e triste!
Isabel Padrão

1 comentário:

Graça Martins disse...

Totalmente de acordo amiga querida! Usam e abusam dos artistas, como marionetas! Por isso é importante existirem artistas frontais que desmascaram os joguinhos e conveniências. Apoio incondicional!